APRENDA NEGOCIAÇÃO EM DOIS MINUTOS

Dia desses eu li um artigo com dicas para quem quer se tornar um grande negociador. Neste caso, especificamente, o autor relacionava "crenças limitantes," isto é, comportamentos que atrapalham o pleno desenvolvimento da pessoa numa determinada habilidade.


Uma destas crenças era, segundo o texto, a pessoa achar que não sabe negociar.


Minha experiência, no entanto, diz exatamente o oposto: um dos maiores entraves para alguém aprender a negociar bem, a grande crença limitante, usando a mesma terminologia, é a pessoa achar que já sabe negociar.


Curiosamente, saber negociar é uma das poucas habilidades em que o número de pessoas que se diz confiante e experiente supera os inseguros e inábeis. (Esta é, obviamente, uma percepção minha, particular, baseada nas minhas observações pessoais.)


Todo mundo parece ter nascido sabendo e com respostas prontas para tudo. Aí você faz duas ou três perguntas, no entanto, e percebe que a pessoa está apenas repetindo uma lista de dicas, truques e quebra-galhos que ela viu na contracapa de um livro de negociação — que ela não leu porque, afinal, já sabe negociar.

Existe atalho para tudo?

Dizer que não se achar capaz é uma crença limitante é um dos engodos preferidos da autoajuda e talvez o maior combustível do Efeito Dunning-Kruger nos mundos corporativo e acadêmico. De uma hora para a outra e baseado em nada o sujeito passa a acreditar que sabe negociar e pronto!


Mentir para si mesmo transforma-se, portanto, no grande atalho para o conhecimento e a experiência, o perfeito substituto para o esforço e a dedicação. Essa é a mentira mais fácil de contar e de acreditar, porque você quer acreditar. Só há um problema: os outros não são obrigados a acreditar. E você precisa dos outros para negociar.


Agora, quer fazer o verdadeiro teste para saber se você é ou não um bom negociador? É bem simples, basta se perguntar:


Por que você acha que sabe negociar?

Falar em acordos que você já fechou não funciona, porque provavelmente você não tem parâmetros de comparação. Dificilmente conseguimos ver o que aconteceria se tivéssemos ido por outro caminho ou tomado decisões diferentes. Pouca gente mantém um registro de suas negociações para analisar seu histórico. Então como é possível determinar se você sabe negociar ou não.


Na dúvida, eu sempre digo que não sei. Que ainda preciso aprender muito. Nesta segunda parte, ao menos, dificilmente estarei errado.


#artigo #autoajuda #crença_limitante #desenvolvimento #dicas #Dunning_Kruger #esforço #habilidade #mentira #teste

  • LinkedIn
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Spotify Ícone
Fale comigo através do formulário de contato ou escreva diretamente para rodolfo@negociacao360.com.br

© 2019 Negociação 360º  • Todos os direitos reservados • Desenvolvido por Teresa Maita