5 Dicas para se tornar um negociador melhor

Quem não quer ser um negociador melhor? Quem não quer ter mais resultado e fechar acordos mais valiosos, mais vantajosos? Acho que todo mundo. Mas será que todo mundo está disposto a fazer o que é necessário para melhorar? Ou acha que isso vai cair do céu?

Pois para melhorar suas habilidades como Negociador – assim como em qualquer outra área – é preciso muito esforço e dedicação. E aqui vão cinco dicas úteis para você realmente avançar em suas habilidades:

1. Reconheça o poder da preparação minuciosa: de nada adianta você conhecer os principais conceitos e mecanismos envolvidos em uma Negociação se você não utilizar esse conhecimento. Qual a vantagem de você saber o que é MAPAN, ZoPA e Ancoragem, se você não faz o devido mapeamento da sua situação? Às vezes é melhor você conhecer bem um conceito e aplicá-lo do que saber tudo e não usar nada.

2. Seja proativo nos treinamentos: também não adianta fazer os treinamentos mais modernos e badalados se você for apenas um espectador passivo – e isso também vale para livros e artigos. Em vez de apenas absorver novos conhecimentos, pense em como cada conceito se aplica nas suas situações. Tente imaginar como ideias como Rotular podem te ajudar em uma Negociação na qual você está envolvido agora.

Não espere que o conhecimento acumulado vá  pular na sua frente quando você precisar. Porque se você não usar, ele morre soterrado.

3. Esteja preparado para errar: errar faz parte do aprendizado e cada erro é uma oportunidade para aprender algo novo. É normal se sentir ameaçado e impotente enquanto vamos vendo o quanto estamos atrasados em nossos conhecimentos. Mas imediatamente depois que você se dá conta disso, já vira passado. Olhe para frente e em como tudo pode ser diferente agora que você não vai mais errar aquilo. E aproveite a lição para ser mais humilde e ter menos certezas.

4. Pratique sempre: nos treinamentos, livros, artigos e vídeos você vai ver um pouco da teoria, dos principais conceitos e algumas dicas sobre o que fazer. Mas nada disso vale se você não viver na pele aquilo que aprender.

5. Encontre um mentor: mesmo quando a gente consegue o que quer, é provável que tenhamos cometido alguns erros pelo caminho. Mas é muito difícil percebermos esses erros sozinhos. Para isso a gente precisa de alguém do nosso lado. Alguém que possa nos avaliar e orientar, que corrija os erros e elogie os acertos. Alguém de confiança que possa nos acompanhar nesse caminho de aprimoramento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *